Logon

CBMM
CBMM - Português (Brasil)

Sim

​​O nióbio é a solução para alguns dos desafios tecnológicos mais sofisticados dos tempos modernos.

Os efeitos benéficos do uso do nióbio estão diretamente relacionados a suas próprias características e àquelas que ele confere a outros materiais. Quando quantidades mínimas de nióbio (variando de 200 g a 1.000 g por tonelada) são adicionadas na forma de elemento de liga a uma composição, ele se configura como o mais eficiente refinador de grãos de aço. O refino de grãos é o único mecanismo que aumenta a resistência e tenacidade do aço, simultaneamente. As estruturas que empregam aço que contêm nióbio são mais leves e, portanto, apresentam maior eficiência energética e adequação ambiental.

 

Além do seu uso na siderurgia, as características exclusivas do nióbio o tornam útil numa ampla gama de aplicações.

O nióbio é o mais leve metal refratário e apresenta uma elevada temperatura de fusão (2.468°C). Graças a esta propriedade, as ligas de nióbio se apresentam como soluções estruturais para aplicações a altas temperaturas: acima de 600°C em ligas à base de níquel e até 1.300°C em ligas à base de nióbio.

A temperaturas inferiores a -264°C, o nióbio possui propriedades supercondutoras. Conduz corrente elétrica livre de resistência em grandes densidades, favorecendo campos e forças magnéticas que viabilizam aplicações práticas nas áreas de diagnósticos médicos, pesquisa de materiais e em transportes.​​